Bem-vindo ao meu blog

Desejo que todos sejam ricamente edificados quando por aqui passarem.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

CPAD - Casa Publicadora das Assembleias de Deus

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

O comportamento do cristão em uma sociedade não cristã!

CINCO COISAS QUE EU NÃO GOSTARIA QUE ACONTECESSEM EM 2014!


1. O envolvimento de pastores com política partidária!


2014 é um ano eleitoral e a tendência é que a igrejas passem a ser cortejadas pelos políticos. Pastores devem pastorear e deixar para aqueles que foram chamados para a vida pública essa missão. Nunca devem permitir que seus púlpitos se transformem em palanque eleitoral. O púlpito é sagrado e dele deve sair a pregação inspirada e não o discurso inflamado! O pastor deve votar, mas jamais declarar em quem vai votar, pois se assim o fizer inevitavelmente criará partidos na igreja!. Sua missão deve ser de orientar o voto consciente, mas jamais por cabrestos em quem pensa diferente, afinal o voto é livre!


2. O mal uso do Facebook por parte dos cristãos!



Infelizmente muitos cristãos são de uma imprudência que beira a insensatez. Se fossem mais prudentes não falariam mal das suas igrejas; de seus pastores, afinal o que é privado não deve ser exposto ao público! Tem alguma coisa contra seu irmão ou contra pastor, então procure para conversar! Não deveriam também, por exemplo, expor seu nudismo, tais como fotos sensuais; sem camisa, etc. A privacidade de sua casa deve ficar com você, não interessa a ninguém, muito menos a mim! Evitariam postar toda fofoca que é veiculada na internet, principalmente os vídeos onde pastores, seja de que denominação for, foram flagrado fazendo sexo ilícito. Evitariam "curtir" sites pornográficos, quer seja de gays ou de mulheres nuas!

3. Igrejas se dividindo

Esse é um mal que afeta toda as denominações! Vivemos uma implosão de igrejas nunca vista antes na história. As razões são várias, desde o envolvimento de líderes com heresias; ou quando o líder não aceita ser corrigido quando comente um pecado moral; ou ainda quando determinado líder quer mais espaço e começa um processo litigioso com sua igreja de origem - é uma guerra por liderança. Nesse caso mais um grupo surgirá inevitavelmente, e inevitavelmente muitas pessoas ficarão ressentidas, magoadas e feridas. A igreja sofre!

4. Arminianos querendo ser calvinistas!

É uma incongruência quando um arminiano deseja virar um calvinista. É confusão na certa! Vou explicar! De uma forma bem simples, um arminiano é alguém que crê que o homem é livre para escolher - é aquilo que comumente chamamos de "livre-arbítrio"! A propósito, não é apenas um ensinamento bíblico, mas também jurídico e filosófico! Juridicamente e filosoficamente ninguém pode ser condenado ou inocentado se ele não possuísse uma moral livre! O conceito de moralidade é condicionado a uma vontade livre. Por outro lado, um calvinista não acredita dessa forma! Ele crê que alguns, independentemente de suas vontades de escolhas, já estão sentenciados - uns para a condenação e outros salvação. Não consigo entender como alguém que aceita o conceito de vontade livre pode querer ser um "Reformado" ou "Calvinista". A propósito, eu sou arminiano, pelo simples fato dessa doutrina ser bíblica!.

5. Pentecostais querendo ser cessacionistas!

Todo pentecostal crer ou deveria crer na atualidade dos dons! A maioria das igrejas históricas não creem na atualidade dos dons. Elas acreditam que os dons cessaram com os apóstolos, por isso mesmo não chamadas de cessacionistas! Com o advento do pentecostalismo no final do século 19 e início do século vinte essa crença cessacionista sofreu um duro golpe. Se defendeu como pode: acusando pentecostais clássicos de hereges; de endemoninhados, etc. Mas apesar desse fogo cruzado o pentecostalismo sobreviveu! Hoje são poucos os cristãos das igrejas históricas (leia-se tradicionais) que não acreditam na atualidade dos dons! Não aceitam as Línguas Desconhecidas (Estranhas) como prova do batismo no Espírito Santo, mas acreditam na sua existência (atualidade) hoje. Aqueles que não querem dar o braço a torcer, acreditando na atualidade dos dons, preferem acreditar na teoria do "normativo" e do "narrativo". Esse foi um artifício criado por John Stott em seu livro BATISMO E PLENITUDE para tentar rebater a crença pentecostal. Mas o livro de Stott possui aporias (contradições) que acabam anulando o seu argumento (veja um estudo detalhado que eu fiz sobre as posição de Stott em meu livro DEFENDENDO O VERDADEIRO EVANGELHO, no capítulo intitulado: UMA RESPOSTA PENTECOSTAL).
Sou pentecostal, falo em línguas e quando o Senhor quer, as interpreto. Sou pentecostal, acredito em profecias e as vezes quando o Senhor quer profetizo também. Sou pentecostal e acredito na atualidade dos dons.